Tamanho da torcida foi o principal motivo para BRB fechar com Fla

COLUNA DO FLA: Na última sexta-feira (19), Flamengo e BRB – Banco de Brasília – oficializaram que chegaram a um acordo para que a empresa seja a nova patrocinadora master do clube. Segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, no jornal O Globo, os principais fatores que levaram o banco à escolher o Mais Querido foram: o fato do Rubro-Negro ser dono da maior torcida do Brasil e, além disso, ter voltado ao caminho de glórias internacionais.
A coluna aponta que os feitos recentes do Flamengo fizeram o clube se consolidar como um produto ‘invejável’ para quem deseja estampar sua marca em um uniforme de futebol. Os títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América, em 2019, a participação do Mais Querido no Mundial; e os troféus da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, em 2020, foram as principais conquistas do Mais Querido no cenário do futebol nacional – e internacional.
Foto: Paula Reis

O Flamengo tem mais torcedores no centro do país do que em sua região, proporcionalmente. Segundo uma pesquisa divulgada pelo Datafolha no fim do ano passado, 28% dos moradores do Centro-Oeste são rubro-negros e compõem a maioria da região. Já no Sudeste, o clube conta com 17%, tecnicamente empatado com o Corinthians (clube de maior torcida de São Paulo), que tem 18%.

Já em Brasília, ‘casa’ do atual patrocinador do clube, uma pesquisa do GloboEsporte.com de 2014, apontou que metade da população torce para o Flamengo. Ou seja, escolher o clube carioca como parceiro levará o nome do BRB para outras regiões do país – e para além dele também, uma vez que o Rubro-Negro segue firme na disputa de títulos internacionais, como a Libertadores da América.
O contrato entre as partes ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Deliberativo do Flamengo, mas prevê que a validade do vínculo seja de três temporadas (até junho de 2023), com possibilidade de prorrogação por mais dois anos. Em relação ao valor, o Mais Querido deverá receber R$ 35 milhões anuais, R$ 20 milhões a mais do que recebia do parceiro atual (BS2). O montante ainda poderá aumentar com ações de marketing que ambos devem realizar em conjunto.

Fonte: FlaResenha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu