Dirigente do Flamengo ‘destrincha’ MP e aponta torcedores como principais beneficiados

A Medida Provisória aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro tem gerado polêmicas e ‘trocas de farpas’ entre clubes e emissoras, sobretudo, Flamengo e Globo. O Rubro-Negro, um dos grandes influenciadores para criação da lei, quer transmitir seus jogos através de seus canais oficiais, enquanto a Rede Globo garante que é a única detentora dos direitos, por conta de contratos. Neste cenário, o vice-presidente geral e jurídico do Fla, Rodrigo Dunshee falou sobre a situação.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Durante entrevista concedida ao canal “Paparazzo Rubro-Negro”, o dirigente do Fla afirmou que o grande beneficiado pela mudança será o torcedor e amante do futebol. Isso porque, com os direitos pertencendo aos clubes, é uma garantia de que os jogos sempre serão transmitidos, independentemente de qualquer acordo com terceiros.

– O jogo futuro se rege pela lei vigente. É essa que é a nossa interpretação. Vai ter uma disputa grande, mas me parece que essa lei veio para beneficiar o torcedor, o telespectador. Então, se você for ver, no Campeonato Brasileiro tem vários jogos que não são transmitidos por conta de haver um contrato com a Turner e outro com a Globo. Ninguém vê o jogo, isso é péssimo para o telespectador, é péssimo pro futebol brasileiro -, disse ele, antes de completar.

Então, essa medida provisória, veio para beneficiar o torcedor. As pessoas hoje em dia estão em casa, sem poder assistir ao jogos, sem poder ir aos estádios, é aquele tédio. O futebol brasileiro é uma das cosias que mais diverte e acalenta as pessoas, gostam de comentar e conversar sobre isso, mas não estão podendo. Então, essa lei veio para permitir que essas pessoas vejam esses jogos sempre, porque vai depender do mandante. Se ele não conseguir vender, o pior que pode acontecer é passar o jogo de graça, numa rede social qualquer ou numa plataforma qualquer.

Fonte: Coluna do Fla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu